Total de visualizações de página

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Presidente moçambicano inaugura central termoelétrica em Maputo

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, inaugurou hoje em Ressano Garcia, província de Maputo, uma central termoelétrica com capacidade de geração de 100 megawatts, num investimento orçado em 235 milhões de dólares (211 milhões de euros).

A central, pertencente à Gigawatt Moçambique, é abastecida com gás natural, a partir de uma derivação do gasoduto entre Pande, província de Inhambane, e África do Sul.
Segundo dados avançados hoje, o novo projeto, instalado no distrito do Boane, junto à fronteira com a África do Sul, tem capacidade para responder a 24% das necessidades energéticas de Moçambique, excluindo a fábrica de produção de alumínio Mozal.
A empresa de capitais sul-africanos e moçambicanos possui já um acordo de cedência de energia à estatal Eletricidade de Moçambique, que, nos últimos meses, tem enfrentado dificuldades para o abastecimento do sul do país, sobretudo a capital, Maputo.
"Este empreendimento vai melhorar o acesso a energia para o consumo doméstico, agrário e industrial, conferindo uma maior segurança de fornecimento e reduzindo a dependência de fontes externas", afirmou o Presidente moçambicano, no ato da inauguração do que considerou ser um bom exemplo das parcerias público-privadas.
No seu discurso, Filipe Nuysi apontou ainda que Moçambique possui um grande potencial energético, que deve ser usado na obtenção de receitas e industrialização do país.
Fonte: NM


Nenhum comentário: