Total de visualizações de página

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Mitos do namoro desmentidos pela ciência

mitos namoro
mitos namoro
Mesmo pessoas esclarecidas e racionais podem cometer alguns deslizes e ter alguns tipos de pensamentos um pouco preconceituosos sobre relacionamentos amorosos. A ciência, porém, vem para tentar derrubar esses mitos de uma vez por todas. Confira:

Procurar namorado na internet é para quem está no fundo do poço

Quando você fica sabendo de alguém que conheceu seu namorado ou namorada pela internet, aquela pequena voz na sua cabeça que nem sempre diz coisas racionais pode murmurar: “Não sabia que ele/ela estava tão desesperado/a!”.
Pois você pode informar a pequena voz que ela não poderia estar mais errada. Vários estudos mostram que procurar um parceiro na internet não é a última medida que apenas alguém muito desesperado tomaria. Aliás, estudos mostram que uma em cinco pessoas que usam sites de relacionamentos acabam casando com a pessoa que conheceram online.
Não conhecer a outra pessoa através de amigos em comum até ajuda na aproximação entre duas pessoas. A sensação de anonimato faz com que elas troquem sentimentos que normalmente não compartilhariam tão facilmente com o amigo daquele amigo. Esse nível de honestidade faz com que as pessoas tenham mais facilidade em se conectar.

Feminismo acabou com o romance

Outro mito é que desde que as mulheres passaram a ser independentes dos homens, elas não gostam mais de atitudes românticas. Só porque você defende a igualdade entre os gêneros não significa que você não goste de um belo jantar à luz de velas.
Um estudo defende que mulheres que se identificam como feministas têm mais chances de estar em uma relação heterossexual romântica do que aquelas que não se veem assim. O mesmo estudo diz também que homens com parceiras feministas relatam maior satisfação sexual do que homens com parceiras não feministas.

Gamers nunca vão namorar

A imagem daquele gamer que não sai do quarto nem para comer e é tímido demais para conversar com mulheres ajuda a manter este mito em pé. Mas a verdade é que existem vários tipos de gamers, desde o viciado em World of Warcraft até aquele que prefere se divertir com Guitar Hero.
Aliás, o namoro entre gamers tem se tornado uma coisa cada vez mais comum. Vários casais já se conheceram em jogos online.
Fonte: hypescience

Nenhum comentário: