Total de visualizações de página

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Criança de quatro anos condenada a prisão perpétua

Caso lança dúvidas quanto à eficiência da justiça egípcia.

Uma criança de quatro anos foi condenada a prisão perpétua por um crime de homicídio que, acredita o tribunal do Cairo, terá cometido há dois anos.
A criança, Ahmed Mansour Karni, não esteve presente naquele foi o seu julgamento, esta quinta-feira. Em tribunal, alegou-se que a criança, além do crime de homicídio, terá protagonizado desacatos com a polícia e feito estragos numa propriedade e em vários veículos. Ahmed era apenas um entre mais outros 117 suspeitos condenados à mesma pena.
A defesa alega que foi entregue no tribunal um certificado com a idade da criança que provaria por si só que seria impossível esta ser autora de todos os crimes de que era acusada, mas o documento não terá sido analisado.

O advogado da criança diz que a sentença prova que “não existe justiça no Egito e que esta é regulada por um bando de lunáticos”.
Fonte: NM

Nenhum comentário: