Total de visualizações de página

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Autarca do Rio de Janeiro garante plano B nos Jogos Olímpicos

Eduardo Paes tem medidas alternativas para o caso do metro não ficar concluído a tempo.

O autarca do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, admitiu hoje que há um plano alternativo para o caso da Linha 4 do metro da cidade não ficar pronta até aos Jogos Olímpicos de 2016, divulgou a imprensa brasileira.
De acordo com uma reportagem do jornal O Globo, Eduardo Paes um correio eletrónico para o Comité Olímpico Internacional (COI) afirmando que existe um "risco elevado" de a Linha 4 do metro (liga a Barra da Tijuca a Ipanema) não ficar pronta para os Jogos Olímpicos, o que comprometeria todo o plano de transportes traçado para o evento, que terão início em agosto, na cidade do Rio de Janeiro.
A solução apresentada por Paes seria uma extensão do BRT (Bus Rapid Transit - sistema de transporte público baseado no uso de autocarros de tráfego rápido, com vias exclusivas) da Barra da Tijuca, na zona oeste, até a zona sul da cidade.
Segundo o jornal, o principal obstáculo para a entrega da obra dentro do prazo, que termina em julho, seria a demora do Governo Federal para libertar um novo financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que aumentaria em 1,3 mil milhões de reais (290 milhões de euros) o orçamento da Linha 4.
O gasto total da construção do novo troço do metro, a cargo do estado do Rio de Janeiro, passaria para 10,3 mil milhões de reais (2,3 mil milhões de euros), segundo o Governo Federal.
Hoje, pela manhã, Paes reuniu-se com assessores, outras autoridades, presidentes de empresas, fundações e autarquias municipais.
O autarca do Rio firmou aos jornalistas que tem confiança no Governo do Estado, mas, tudo nos Jogos Olímpicos precisa de um "plano de contingência".
Ainda de acordo com Paes, o plano já existe desde o início de 2015 e precisava ser apresentado para o COI.
Fonte: NM


Nenhum comentário: